Em agosto, fiz uma compilação de relatórios divulgados por institutos de análise de tecnologia, como IDC, Gartner e Forrester, sobre Líderes em infra-estrutura de aplicações.

Agora, compilo aqui avaliações sobre fornecedores de tecnologia para inteligência de negócios, ou business intelligence (BI) em inglês. Business Intelligence pode ser entendida como tecnologias, aplicações e práticas para coleta, integração, análise, monitoração e apresentação de informações que oferecem suporte a gestão de negócios.

Aquisições

O mercado de BI está em plena ebulição, com os gigantes em soluções de infra-estrutura e aplicações de software adquirindo agressivamente empresas de nicho — cujo portfólio de soluções é focado e dependente de um nicho de mercado — que são líderes no segmento.

Esse incessável apetite dos gigantes engolindo os grandes (e médios e pequenos) tem sido praticamente uma constante nos últimos tempos, especialmente na indústria de tecnologia da informação (TI). Fusões e aquisições são um meio reconhecidamente rápido e eficaz de grandes corporações expandirem seus mercados e territórios.

Recentemente, em 12 de novembro, a IBM adquiriu a canadense Cognos. Com esta aquisição estratégica, a IBM, antes sem participação expressiva nesse segmento, assume a posição de liderança da Cognos e amplia a abrangência de suas soluções tecnológicas relacionadas. Em 5 de setembro, a Cognos havia adquirido a Applix, especializada em ferramentas para gerenciamento de desempenho de negócios (performance management).

Em 7 de outubro a SAP adquiriu a Business Objects. A SAP, que já tinha participação forte nesse segmento, agregou a liderança da BO. Em junho a própria BO já havia adquirido a Cartesis, especializada em performance management. E em 8 de maio a SAP adquirira também a OutlookSoft, incorporando suas ferramentas focadas para o gestor financeiro (CFO) nos aspectos de governança, risco e conformidade (GRC) e performance management.

Ainda este ano, em 1º de março, a Oracle adquiriu a Hyperion Solutions, incorporando sua bem-estabelecida ferramenta de performance management focada em finanças. Ambas já tinham forte participação no segmento de BI.

Dando uma de Nostradamus mercadológico, só falta a Microsoft comprar o SAS Institute para reinarem na liderança os quatro gigantes do setor: Oracle, IBM, SAP e Microsoft.

Relatórios e líderes

Partindo de relatórios mais recentes, começamos com o Forrester Wave para Business Performance Solutions (BPS) do 4º trimestre de 2007, por Paul D. Hamerman, Forrester, 10 de outubro de 2007. Este relatório foca especificamente as soluções de gerenciamento de desempenho dos negócios.

Fonte: The Forrester Wave™: Business Performance Solutions, Q4 2007 (PDF disponibilizado por Oracle) para Profissionais de Processos de Negócio e Aplicações, por Paul D. Hamerman, 10 de outubro de 2007, Forrester Research, figura “Business Performance Solutions Footprint”.

O termo BPS preferido pelo Forrester é referenciado no mercado também como business/corporate/enterprise performance management (BPM, CPM, EPM). De acordo com o relatório do Forrester, a camada BPS se situa entre a base dos repositórios e integração de DW e ERP/CRM e a interface de usuário (dashboards, portais) e ferramentas de análise.

The Forrester Wave™: Business Performance Solutions, Q4 2007 (PDF, disponibilizado por Oracle/press release/destaque). Líderes: Oracle, Cognos, SAS, Business Objects.

Prosseguindo, acho especialmente interessantes os gráficos do IDC — Mapa de Mercado Competitivo — porque concentram em uma única tacada Diversidade/Profundidade (eixo X), Momentum/Crescimento (eixo Y), Confiança/Dependência (cor) e Tamanho/Faturamento (diâmetro) da participação de cada fornecedor em determinado segmento de mercado.

No Worldwide Business Analytics Software 2007-2011 Forecast Update and 2006 Vendor Shares (PDF, divulgado por: SAS, Oracle/press release), IDC, setembro 2007, estão os dois mapas de mercado seguintes:

IDC Business Analytics Software Competitive Market Map (apenas ferramentas analíticas/OLAP), 2006. Líder: Oracle. Destaques: SAS, Microsoft, SAP, IBM, Business Objects.

IDC Performance Management Tools and Applications Competitive Market Map, 2006. Líderes: SAP, SAS. Destaques: Business Objects, Oracle, Cognos, Hyperion, Microsoft.

Síntese gráfica similar à do gráfico do IDC tem a Matriz de Decisão do Datamonitor, como na avaliação do relatório Selecting a Business Intelligence Vendor (Competitor Focus) (PDF, divulgado por: SAS), Datamonitor, abril 2007. Nela, porém, tamanho representa Impacto no Mercado e as Cores são a recomendação de relevância — Azul = Short-List, Laranja = Considere, Amarelo = Explore.

Datamonitor Business Intelligence Decision Matrix, 2007. Líderes: SAS, Oracle.

No início deste ano, o Gartner publicou o Magic Quadrant for Business Intelligence Platforms, 1Q07 (PDF, divulgado por: Business Objects), por Kurt Schlegel, Bill Hostmann e Andreas Bitterer, Gartner, 26 de janeiro de 2007. Ele traz o seguinte Quadrante Mágico:

Magic Quadrant for Business Intelligence Platforms, 1Q07 (divulgado por: Cognos, SAS (artigo 2) e Oracle), Gartner, 26 de janeiro de 2007. Líderes: Business Objects, Cognos, SAS, Oracle e Hyperion.

A título de comparação, vejamos como estava o mercado de BI no início de 2006. The Forrester Wave: BI Reporting and Analysis Platforms, Q1 2006 (PDF, disponibilizado por: Cognos, Microsoft), por Keith Gile, Forrester, 8 de fevereiro de 2006.

Forrester Wave™: BI Analytic Reporting, Q1 ’06. Líderes: Business Objects, Cognos.

Comparando o gráfico do Forrester com os demais, é possível inferir que a gigante Microsoft tem perdido mercado em BI, enquanto fornecedores como SAS, SAP e Oracle vêm crescendo nele.