Artigos e tópicos interessantes para desenvolvedores

No portal IBM developerWorks, está sendo publicado um tutorial em três partes sobre desenvolvimento para web com o Eclipse Europa, usando Java, PHP e Ruby; por Michael Galpin, Desenvolvedor do eBay.

A terceira parte, sobre Ruby, deve sair breve saiu dia 18. Para acessar o conteúdo do tutorial, é necessário registrar-se gratuitamente no portal IBM developerWorks.


Outro artigo muito interessante, para quem está considerando suas opções de infra-estrutura para aplicações Java EE na web. JBoss, Geronimo, or Tomcat? — Três servidores de aplicação Java open source comparados, por Jonathan Campbell, JavaWorld.com, 2007-12-11. Só faltou cobrir também GlassFish.


O recente artigo An easy way to make your code more testable, no blog Programblings, me levou a outro artigo excelente.

We don’t write tests. There just isn’t time for luxuries, por James Golick, um desenvolvedor de softwre em Montreal, 2007-08-28. Golick, com argumentos objetivos passo a passo, contesta a afirmação que muito se houve de desenvolvedores ou times de software: “Não escrevemos testes ou fazemos cobertura de testes porque não temos tempo.” ou “Escrever testes toma tempo demais.”

Todo desenvolvedor precisa testar seu código, de alguma forma. A diferença é que alguns escrevem testes automatizados, enquanto outros usam humanos (normalmente, o próprio desenvolvedor) para verificar o comportamento correto. Então, o argumento “testar-nos-atrasa” reside na premissa que verificação manual é mais rápida que escrever testes automatizados.

Assim começa o raciocínio que se desenvolve ao longo do inteligente artigo. Leia e veja se você também concorda que a prática de testes automatizados pode ser bem produtiva.

Se práticas de desenvolvimento de software interessam a você, então sugiro ler também os artigos Pair Programming vs. Code Reviews, por Jeff Atwood, 2007-11-18; e Pair Programming vs. Code Reviews – It’s a no Brainer, por Mark Levison (Ottawa, Canadá), 2007-12-14. Eles confrontam programação em pares e revisão de código.


Conforme anúncio no Javalobby, acabou de ser lançada em dezembro a nova certificação Sun Certified Programmer for the Java Platform, Standard Edition 6 (CX-310-065) da Sun.

SCJP é a certificação de programação na linguagem Java, a mais fundamental no caminho de Certificações Sun para a Tecnologia Java. É também uma certificação bem reconhecida no mercado de trabalho. A nova versão do SCJP atualiza o programa da para cobrir Java SE 6.0.

Para saber mais:


Entrando na programação de páginas web, vale a pena ler The Problem With innerHTML, por Julien Lecomte, 2007-12-12.

E do HTML para o CSS. A escala graduada de 1 a 6 para Rate Your CSS Skill Level: Final Version & Poll montada pelo portal CSS-Tricks oferece critérios para você avaliar em que nível está sua habilidade com CSS. Minha auto-avaliação foi de 4. Para atingir 6, você tem que estar em estado graça ou ser membro da especificação no W3C. 😀


Da programação para os utilitários nerd. Hoje descobri algo interessante para quem às vezes lida com a linha de comando no Windows. Windows PowerShell. Esta janela de console melhorada virá no Windows Server 2008, mas qualquer usuário de Windows original (com a devida validação WGA) pode baixar gratuitamente da Microsoft.

Download Windows PowerShell 1.0PowerShell 1.0 para Windows XP Português do Brasil (KB926140).

Documentação: Windows PowerShell Documentation Pack (para baixar, em inglês e outros idiomas).

Já para quem conhece e sente falta dos comandos do Linux ao usar a linha de comando do Windows, recomendo meu velho conhecido GnuWin32, projeto em SourceForge que porta pacotes de utilitários GNU/Posix para Windows nativo (usando MinGW). O projeto disponibiliza centenas de pacotes binários, em arquivos ZIP para baixar.

Recomendo obter a ferramenta GetGnuWin32, que traz um script que baixa/atualiza todos os pacotes mais recentes do GnuWin32, e outro que descompacta todos os pacotes em uma pasta gnuwin32. Depois é só copiar/mover essa pasta para onde achar mais adequado (por exemplo, C:\ ou C:\Arquivos de programas\) e adicionar gnuwin32\bin ao PATH. Feito isso, grep, find, sed, tar, diff e mais quase mil outros comandos estarão disponíveis na linha de comando do Windows (inclusive na PowerShell).


Por falar em Linux, uma última nota. O IDG Now! noticiou que as Urnas usarão Linux em eleições de 2008.

O TSE autorizou a substituição dos sistemas operacionais VirtuOS e Windows CE para o sistema aberto Linux, adaptado pelo próprio órgão, em todas as 430 mil urnas eletrônicas usadas nas eleições de 2008, que escolherão prefeitos. Segundo o Tribunal, o objetivo é conferir mais transparência e confiabilidade à urna e ao processo eleitoral.

One Reply to “Artigos e tópicos interessantes para desenvolvedores”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *