Gravando screencast em Linux

O Rodrigo Urubatan publicou hoje o artigo “Gravando ScreenCasts no Linux(Ubuntu/Kubuntu)! E rodando em qualquer PC ou disponibilizando via web”, com um passo a passo simples e direto para se gravar sessões de uso da tela, o chamado screencast, no Linux.

O guia dá como exemplo o Ubuntu (que por sinal é excelente e o que eu uso), mas as ferramentas servem para outras distribuições Linux.

O kit de ferramentas — todas software livre, claro — utilizadas é:

  • recordMyDesktop, principal programa, é o gravador de sessão de uso do desktop, para GNU/linux, capaz de capturar e codificar em vídeo o que acontece na tela. Utilitário de linha de comando (escrito em C) e front-ends gráficos (escritos em Python), com opções de toolkits gráficos pyGtk (gtk-recordMyDesktop) e pyQt4 (qt-recordMyDesktop). Também pode gravar áudio via ALSA, OSS ou JACK.
  • Formato de compressão de vídeo Theora Ogg gerado pelo recordMyDesktop.
  • MEncoder, codificador de vídeo incluso com o MPlayer, capaz de converter o formato de vídeo OGG para AVI mais comum.
  • FFmpeg, conversor de aúdio e vídeo, permite converter o vídeo AVI para formato Flash Video (FLV), para ser facilmente disponibilizado pela internet.
  • JW FLV PLAYER, script Flash Player criado por Jeroen Wijering, que pode ser usado como exibidor do vídeo.

O passo-a-passo de Urubatan começa desde o download e instalação dos pacotes necessários (no caso do Ubuntu, com apt-get ou outro gerenciador de pacotes Debian). Confira no artigo citado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *