julho 2014


[Atualizado em 18 de dezembro de 2014.]

Desde a versão 6 do Java, a Oracle começou a oferecer a instalação do software Ask de buscas patrocinadas na internet (ou seja, um adware), durante a instalação do runtime Java. E essa “oferta” insistente e vergonhosa aparece não só na instalação inicial do Java, mas em toda atualização on-line.

A página de ajuda (FAQ) do Java na Internet apenas define vagamente o seguinte:

“A Ask Toolbar é um add-on de browser gratuito que permite fazer pesquisa na Web usando o mecanismo de pesquisa Ask.com diretamente do browser.”

As ferramentas oferecidas para instalação junto com o Java são a Ask Toolbar, uma barra de ferramentas instalada como extensão nos navegadores internet, e a alteração da configuração dos navegadores instalados para que o mecanismo de busca padrão seja da Ask.com. Obviamente são buscas patrocinadas, ou sejam, que levam a resultados muitíssimo piores que os da busca do Google ou mesmo do Bing, e infestados de resultados patrocinados, onde o que mais interessa é gerar rendimento para a Ask, e não apresentar ao usuário resultados relevantes. Ou seja, o tipo de software — em geral indesejado — que é conhecido como adware.

Será realmente que um dos principais mecanismos de runtime de aplicações ricas na Internet como o Java, e uma hiper-mega-corporação global como a Oracle precisem de dinheiro extra pela revenda de patrocínio através da Ask para sustentar a distribuição e disseminação do Java? Será que realmente vale a pena associar o nome de uma empresa sólida como a Oracle e uma plataforma séria e tradicional (desde 1995!) como o Java, a um questionável adware??? Sinceramente, acredito que não!

Existe até uma petição pública (abaixo-assinado) na Internet para que a Oracle pare de distribuir o Ask na instalação do Java: Oracle Corporation: Stop bundling Ask Toolbar with the Java installer.

É fácil evitar a instalação do Ask, bastando desmarcar a opção na tela própria do assistente de instalação do Java as opções que vem marcadas por padrão:

Oferta para instalar o complemento de navegador da Ask

Mas como a maioria dos usuários não presta atenção e às vezes até não entende bem as opções, e simplesmente vai clicando “Avançar” até a conclusão da instalação, muitos acabam tendo instalada a extensão da Ask. Depois podem se assustar quando tentam fazer uma pesquisa na Internet e veem a página de resultados da Ask, sem nem se lembrarem de como isso foi parar ali!

Mesmo depois de instaladas as extensões da Ask, há opção de desinstalar o software pelo Painel de Controle do Windows, mas mais uma vez muitos usuários mais leigos ou desavisados sequer sabem disso ou procuram essa opção.

Lendo uma atualização de 12/12/2014 no site do abaixo-assinado contra o Ask ToolBar, descobri que a partir do Java 7 Update 65 (7u65) e Java 8 Update 11 (8u11) a Oracle passou a disponibilizar, no Painel de Controle Java, guia Avançado, opção que pode ser marcada para Suprimir ofertas de patrocinadores ao atualizar o Java.

Painel de Controle Java, guia Avançado, opção Suprimir ofertas do patrocinador ao instalar ou atualizar o Java.

O FAQ (Respostas a Perguntas Frequentes) da Oracle sobre “Como eu instalo o Java sem ofertas de terceiro patrocinador” ainda apresenta outra alternativa, mais técnica, para evitar a instalação de software patrocinado na instalação é executar o instalador pela linha de comando (Prompt/Console, cmd, ou Iniciar > Executar) acrescentando o parâmetro SPONSORS=0. Segundo o artigo, esta opção já existia antes do Java 7u65 e 8u11, mas não deixa claro desde quando.

Uma entrada no fórum SuperUser, How can I prevent Ask.com Toolbar from being installed every time Java is updated?, ensina que há um jeito de se adicionar entradas no registro do Windows que desabilitam em definitivo as ofertas de patrocinadores durante a instalação de Java: desativa_patrocinio_java.reg

Também quando se baixa a versão off-line do instalador do Java Runtime (JRE), disponível em Java.com e em Oracle TechNet (encontrado a partir da página inicial Java SE Downloads), a oferta de instalação da ferramenta patrocinada Ask não aparece.

Mas, mais uma vez, a maior parte dos usuários comuns não sabe disso e nunca chegará a estas alterativas, infelizmente!

No artigo Soluto’s data raises questions about how Oracle manages Java do blog da empresa Soluto, de soluções para suporte remoto para PCs e iOS, o instalador do Java é responsável por cerca de 40% das instalações indesejadas da Ask Toolbar em seus clientes. Além disso, pelo menos 60% dos clientes da Soluto que tiveram o Ask instalado providenciaram a desinstalação, mostrando o quanto a ferramenta é indesejada. E a empresa acredita que a maior parte dos que ainda não desinstalaram a Ask Toolbar têm a intenção de fazê-lo.

Se você é usuário do Java, recomendo evitar a instalação da Ask Toolbar ou desinstalar se você também acha um software indesejado. Se você é um representante da Oracle, por favor leve nosso protesto a quem de direito para retirar esse maldito e vergonhoso patrocínio de uma vez por todas!

Para saber mais:

Ao fazer um levantamento sobre certificações disponíveis no mercado para atestar os conhecimentos teóricos de profissionais de teste e garantia da qualidade de software, descobri que existem mais de 20 certificações de pelo menos sete instituições certificadoras no mundo! Isso sem falar nas certificações em ferramentas e produtos específicos para teste de software (IBM, Borland etc.).

Cada instituição costuma dividir seu caminho de certificações em níveis, que podem estar entre os quatro seguintes: Fundamental, Profissional ou Avançado, Especialista, Gerencial.

Cada instituição certificadora propõe um corpo de conhecimento (body of knowledge – BOK) em teste de software, com a ementa de referência (syllabus) de cada certificação e, em geral, provê também um glossário sistematizado de termos.

Obviamente, como estão todos abordando a mesma disciplina de teste de software, existem muitas similaridades, mas há bastante variação de tópicos e abordagens.

As entidades certificadoras mais populares no Brasil parecem ser a International Software Testing Qualifications Board (ISTQB) de origem européia, através de seu braço nacional Brazilian Software Testing Qualifications Board (BSTQB); a Associação Latino Americana de Teste de Software (ALATS); e o Quality Assurance Global Institute (QAI), de origem americana.

O quadro resumo das certificações e detalhamento das informações está na seção Teste e Garantia da Qualidade de Software da página Hyperlink: Qualidade do Produto, Métricas e Teste de Software.

Mas são tantas siglas de instituições e certificações que você pode se confundir facilmente com essa sopa de letrinhas. Nesse caso, a variedade e diversidade mais complica do que ajuda. Seria muito bom se surgisse um esforço internacional de unificação ou consolidação destas ementas de referência…