Hackers atacaram site da MasterCard, diz imprensa britânica

Ofensiva seria represália a bloqueio de doações para o WikiLeaks.
Outros sites envolvidos com o caso também sofreram ataques.

Fonte: Hackers atacaram site da MasterCard, diz imprensa britânica
Do G1, com agências internacionais.

Hackers atacaram nesta quarta-feira (8) o site da empresa de cartões de crédito MasterCard, no que seria uma retaliação ao bloqueio de doações para o site WikiLeaks, segundo a BBC, o “Guardian” e outras publicações britânicas.

A empresa não comentou. O site estava fora do ar no final da manhã.

Um grupo chamado “Anonymous” havia ameaçado nesta semana atacar empresas que bloquearam o WikiLeaks — centro de polêmica após divulgar documentos da diplomacia dos EUA.

O grupo denuncia um suposto complô para “censurar” o WikiLeaks na web.

A notícia do G1 ainda cita outros ataques que podem estar relacionados a represálias em defesa do WikiLeaks, e apresenta um interessante infográfico interativo das principais revelações dos documentos diplomáticos dos EUA vazados pelo WikiLeaks, organizados no Mapa Mundi por países citados/relacionados.

O australiano Julian Assange, de 39 anos, fundador do site WikiLeaks, foi preso ontem (7) pela Polícia Metropolitana de Londres, na Grã-Bretanha.

Para saber mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *