Além do conhecido índice TIOBE (TPCI) e de pesquisas específicas, outro referencial útil para se avaliar tendências de uso de linguagens de programação é o serviço Google Trends.

A base de dados são estatísticas de palavras-chave pesquisadas no Google, o que é um critério genérico de texto, e não de assunto ou tópico. De qualquer forma, no Google Trends pode-se especificar os nomes de algumas linguagens de programação para obter sua intensidade ou tendência de uso em todo o mundo nos últimos anos (desde 2004), ou segmentado por país, ano e até cidade.

Testando as possibilidades do Google Trends, a gente descobre curiosidades como o fato de Rússia, Ucrânia, Brasil e Polônia serem dos poucos países do mundo onde Delphi é bem mais utilizado do que C# ou VisualBasic, por exemplo. Também é fácil comprovar que Java é procurada com larga vantagem na Índia e tem hegemonia no mundo todo, seguida de perto por C.

Veja a seguir alguns exemplos de consulta ao Google Trends por linguagens de programação:

Google Trends: Java, C, PHP, C#, VB

Google Trends: C#, VB, Perl, Delphi