Gerenciamento de projetos de TI – 7 passos e 4 dicas

Cito dois artigos sobre gerenciamento de projetos, com especial enfoque em projetos de tecnologia da informação (TI). Um é mais antigo, mas ainda perfeitamente atual e válido, e o outro bem recente.

Os 7 passos do gerenciamento de projetos
Por Fernando C. Barbi, 2008, em Microsoft TechNet Brasil.

  1. Escolha e adote uma metodologia
  2. Comunique-se: não é só o peixe que morre pela boca !
  3. Defina o escopo do projeto e detalhe as atividades
  4. Conheça os envolvidos e monte seu time
  5. Desenvolva o cronograma junto com quem põe a mão na massa
  6. Monitore os riscos e seja pró-ativo
  7. Formalize o início e o encerramento do projeto

O artigo é aparentemente extenso, mas de leitura fácil e agradável. Barbi conclui assim:

Acima de tudo, gerenciar projetos é planejar e acompanhar a execução com “um olho no peixe e outro gato”. O gerente do projeto deve se manter alerta e flexível com os acontecimentos do dia-a-dia mas deve estar sempre se reportando ao plano inicial para não perder o controle. A principal qualidade do gerente de projeto é saber se comunicar bem com todos. Ele é o ponto focal das informações, nele convergem as informações que ele depois deverá processar e divulgar para todo o restante da equipe.

O segredo é envolver a equipe, cliente e fornecedores de tal forma que todos se sintam diretamente responsáveis pelo sucesso do projeto. Como diz aquele velho ditado caipira, “quando todos empurram na mesma direção, não há carroça que não saia do atoleiro”.

4 dicas para gerenciar o orçamento de projetos de TI
Revise sempre o bugdet e não seja pego de surpresa durante a execução de um projeto.
Por Jason Westland, da CIO/US, 01 de julho de 2011, em Computerworld Brasil.

  1. Preveja o orçamento de forma contínua.
  2. Revise a necessidade de pessoas envolvidas no projeto.
  3. Mantenha a equipe informada.
  4. Gerencie o escopo cuidadosamente.

Conclui o artigo:

O budget deve ser uma parte viva do projeto. Profissionais que observam cautelosamente os orçamentos durante todo o ciclo de vida dos projetos vão manter as partes interessadas e a gestão contentes e assim garantir o sucesso da implementação.

Deixe uma resposta