Conheça o mundo em que vive

Em 2004, a agência de publicidade Foote Cone & Belding (FCB) de Lisboa, Portugal, fez uma campanha publicitária fantástica para a revista portuguesa Grande Reportagem. A campanha, intitulada “Bandeiras”, apresentava bandeiras de algumas nações, usando a proporção das cores que preenchem a bandeira como infográfico de algum dado estatístico — uma mazela social — local, acrescido do slogan “Conheça o mundo em que vive.”

A campanha foi tão bem sucedida que levou a FCB a ser premiada com um Leão de Ouro no Festival Internacional de Publicidade de Cannes em 2005.

Eis a peça publicitária que tem a bandeira do Brasil como tema (clique na imagem para ampilar):

[photopress:bandeira_brasil.jpg,full,centered]
Legenda: Verde – Pessoas que vivem com menos de 10 dólares por mês
Amarelo – Pessoas que vivem com menos de 100 dólares por mês
Azul – Pessoas que vivem com menos de 1000 dólares por mês
Branco – Pessoas que vivem com mais de 100.000 dólares por mês

O conjunto de oito bandeiras que compõem a campanha publicitária pode ser visto em Consciência.Net, 2004. As mesmas imagens estão também reproduzidas com legenda em texto no blog Issamu, em O mundo em que vivemos, Maringá, Brasil, 2007-05-21. Eis a lista de bandeiras e o respectivo fato ilustrado:

  • Angola (endemias/saúde)
  • Brasil (má distribuição de renda)
  • Burkina Faso (mortalidade infantil)
  • China (trabalho infantil)
  • Colômbia (tráfico de drogas)
  • Estados Unidos (guerra no Iraque)
  • Somália (mutilação genital feminina)
  • União Européia (escassez de petróleo)

Como não podia deixar de ser, as imagens das bandeiras começaram a circular em correntes por e-mail, na forma de uma lenda urbana, no seguinte boato, obviamente inventado e falso:

O diplomata norueguês Charung Gollar foi incumbido de apresentar, na ONU, um gráfico mostrando os principais problemas que preocuparam o mundo no decorrer de 2005.

Apresentou oito gráficos, intitulado ‘O Poder das Estrelas’. Foi aplaudido de pé! E seu trabalho foi indicado a concorrer para o prêmio Nobel em Marketing político… Vejam os gráficos!

As duas coisas são incríveis pela sua criatividade: a campanha publicitária da FCB e a lorota mirabolante do boato!

Para saber mais:

2 Replies to “Conheça o mundo em que vive”

  1. Outra grande lorota, não sei se foi erro da própria reportagem, é que na bandeira da Angola está escrito “pessoas infectadas pelo vírus da malária”. A malária é causada por um parasita, não um vírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *